O livro “O Olho de Deus no Discurso Salazarista”, da autoria de Moisés de Lemos Martins, vai ser apresentado por José Bragança de Miranda (Professor da Universidade Nova de Lisboa) e por Bernardo Pinto de Almeida (Professor da Universidade do Porto), numa sessão marcada para o dia 5 de abril (21h30), na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva (Braga).
A obra, publicada pela Afrontamento, é a segunda edição do livro e reproduz a tese de doutoramento, defendida por Moisés de Lemos Martins na Universidade de Ciências Humanas de Estrasburgo, em 1984. Trata-se de um estudo sobre o regime discursivo dominante em Portugal durante o Estado Novo, nos anos 30 e 40 do século XX, um estudo que interroga a política geral do sentido salazarista, que o mesmo é dizer, o seu regime de verdade. E foi porque se colocou a questão do regime de verdade salazarista que Moisés de Lemos Martins encarou o discurso como uma prática política disciplinar, que se exerce sobre a memória histórica, sobre o olhar, sobre o desejo e sobre a vontade.
“Alimentando inúmeras viagens do conhecimento, O Olho de Deus no Discurso Salazarista cruzou-se, em vinte e cinco anos, com muitos regimes do olhar. As viagens do conhecimento são, todavia, viagens que não acabam nunca. Ler ou reler, hoje, este livro sobre o salazarismo, continua a ser obra de conhecimento, embora constitua já uma outra experiência” (Moisés de Lemos Martins, Prefácio à 2ª edição, “O tempo e o modo de um estudo sobre o salazarismo”).

 

capa

Livro “O Olho de Deus no Discurso Salazarista” apresentado em Braga no dia 5 de abril

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *