Jornadas Europeias do Património 2019

No âmbito das Jornadas Europeias do Património 2019, os estudantes do 2º ano do curso de doutoramento em Estudos Culturais do Instituto das Ciências Sociais e do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho aliaram-se à iniciativa, promovendo um Encontro com o título – “ Santuário do Bom Jesus do Monte: Visões Transversais”-, enquadrado na temática: Artes Património e Lazer.

cartaz_jornadas_europeias_patrimonio_2019_bom_jesus_u_minho-01

 

 

 

 

 

Feira do Livro de Braga’2019

O Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade esteve presente na Feira do Livro de Braga com a participação de duas mesas redondas, pensadas a partir de duas plataformas interventivas do centro: o Museu Virtual da Lusofonia e o Communitas.

af_FLB2019_cartaz_2_a4_2-1

 

 

 

 

 

Projeção do filme Rupa’s Boutique

No passado dia 9 de março, o CECS associou-se aos Grupos de Trabalho de Comunicação Intercultural, Estudos Fílmicos e de Género e Sexualidades da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (Sopcom) na projeção do filme Rupa’s Boutique (2017), de Glória Halász, no âmbito das atividades do Porto Femme International Film Festival. A curta Catarse, de Maria Miel, também foi projetada, suscitando a discussão sobre duas obras que se cruzam na temática abordada: a violência de género em diversas culturas.

IMG_3020

 

 

 

 

Exibição de “A História da Eternidade”

O Doutoramento em Estudos Culturais da Universidade do Minho promoveu no dia 1 de fevereiro de 2019, pelas 16h00, na sala de Atos do ICS, a exibição do premiado filme A História da Eternidade, seguido de debate com moderação de Ivna Borges da Costa e participação, via Skype, do diretor, produtor e roteirista, Camilo Cavalcante.

1

 

 

 

 

 

Lançamento de “Da ‘Portugalidade’ à Lusofonia”. Entrevista com Vítor de Sousa

No passado dia 10 de julho, Vítor de Sousa lançou oficialmente o seu livro “Da ‘Portugalidade’ à Lusofonia“, na Feira do Livro de Braga. Moisés de Lemos Martins, diretor do CECS e orientador da tese de doutoramento que deu origem ao livro, foi o escolhido para tecer comentários à obra que procura “observar de que modo a ‘portugalidade’ pontua a construção da lusofonia”.

IMG_9423

 

 

 

 

Comunicar a diversidade no I Encontro do GT de Comunicação Intercultural da SOPCOM

9 de outubro de 2018

O Mosteiro de São Martinho de Tibães, em Braga, foi o local escolhido para a realização do I Encontro do Grupo de Trabalho de Comunicação Intercultural da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM), no passado dia 4 de outubro.

Carla Cerqueira, Isabel Macedo, Lurdes Macedo, Rosa Cabecinhas e Vítor de Sousa foram alguns dos investigadores do CECS que estiveram diretamente relacionados com a organização do encontro. Comunicar a Diversidade foi o tema do evento, que reuniu intervenientes de diversas áreas da sociedade civil. Estiveram presentes investigadores de várias universidades do país, assim como representantes de organizações não governamentais, associações e revistas, do sindicato dos jornalistas, da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, da Rede para o Decrescimento em Portugal, entre outros participantes.

Rita Ribeiro, diretora adjunta do CECS, esteve presente na sessão de abertura do encontro, reforçando o interesse do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade na área da diversidade cultural e apoiando a iniciativa de promover uma relação mais próxima entre a academia e a comunidade, valores que sustentam o projeto estratégico do CECS.

A organização esteve a cargo do GT de Comunicação Intercultural da SOPCOM e do CECS e contou com o apoio do Mosteiro de São Martinho de Tibães, através da sua coordenadora, Maria de Lurdes Rufino.

gtcomint

 

 

 

 

Programa de Doutoramento em Estudos Culturais da Universidade do Minho no Colégio Doutoral Tordesilhas em “Linguagens, Sociedades e Culturas”

Decorreu nos dias 26 e 27 de julho na Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, no Brasil, o primeiro encontro do Colégio Doutoral Tordesilhas (CDT) “Linguagens, Sociedades e Culturas”. O CECS e a Universidade do Minho estiveram representados pela investigadora Rosa Cabecinhas.

O novo Colégio Doutoral Tordesilhas (CDT) “Linguagens, Sociedades e Culturas” resulta de uma parceria entre o Programa de Pós-Graduação em Letras, vinculado ao Centro de Comunicação e Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie (Brasil); o Programa de Doutoramento em Estudos Culturais, do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, coordenado pelo Instituto de Ciências Sociais em colaboração com o Instituto de Letras e Ciências Humanas, da Universidade do Minho (Portugal); e o Programa de Doutoramento em Línguas Modernas – área de Filologia Moderna da Universidade de Salamanca (Espanha).

RedeTordesilhas

 

 

 

 

 

Projeção do filme ‘Behind the lines’

2 de dezembro de 2016

Realizou-se no dia 2 de dezembro de 2016, a partir das 18h00, no Centro de Investigação Artística (Lisboa), a projeção do filme ‘Behind the lines’ (1971, 50′), com a presença da realizadora. A apresentação do filme foi feita por Ros Gray (Goldsmith – University of London). Após a projeção, houve um debate com a participação de Margaret Dickinson e Ros Gray, moderado por Maria do Carmo Piçarra (CECS-UMinho).

Behind the lines é um dos mais emblemáticos filmes da luta armada da FRELIMO contra o colonialismo português em Moçambique. Foi filmado no Niassa, quando a região foi alvo da ofensiva “Nó Górdio”, apresentando entrevistas com combatentes e quadros da FRELIMO, e procurando ilustrar a organização da vida civil nas áreas libertadas.

 

Festa da Bugiada e Mouriscada

19 de julho de 2016

Teve lugar no dia 19 de julho de 2016, no Centro de Documentação da Bugiada e Mouriscada, em Sobrado (Valongo), uma sessão pública de acompanhamento dos trabalhos desenvolvidos pela equipa de investigação do CECS, no quadro do protocolo de cooperação com vista ao estudo e à promoção da Festa da Bugiada e Mouriscada. A meio do trabalho, que visa a inscrição da Festa da Bugiada e Mouriscada na Lista do Inventário Nacional de Património Cultural Imaterial da UNESCO, o que deverá ocorrer dentro de aproximadamente um ano, já foram gravados em áudio mais de 70 registos.

77_bugiada_577_bugiada_1

 

 

 

 

Apresentação de projeto de investigação “Festa da Bugiada e Mouriscada de Sobrado”

22 de junho de 2016

Foi apresentado no dia 22 de junho (10h00), na sala de atos do ICS, o projeto de investigação da Festa da Bugiada e Mouriscada de Sobrado, que está em curso no CECS, sendo coordenado pela investigadora Rita Ribeiro. O projeto, que tem como parceiros a Casa do Bugio, a Câmara Municipal de Valongo e a União de Freguesias de Campo e Sobrado, pretende realizar o registo, descrição e análise exaustiva da festa, sendo um dos objetivos a sua inscrição no Inventário Nacional de Património Cultural Imaterial, criando as bases para um eventual candidatura à lista do património cultural imaterial da UNESCO. A iniciativa integrou-se nas atividades do encerramento do projeto no projeto FCT/CAPES “O Fluxo e a morte: desafios teórico-metodológicos em torno do ‘acontecimento mediático’”, projeto liderado em Portugal pelo professor Moisés Martins .

76_bugiada_6-300x22576_bugiada_1-300x225

 

 

 

 

Sessão de projeção de “Deixem-me ao menos subir às palmeiras…”(1972), de Joaquim Lopes Barbosa

31 de maio de 2016

O CECS, da Universidade do Minho, em parceria com o Programa Doutoral em Estudos Culturais (Universidades do Minho e Aveiro), apresentaram, a 31 de maio de 2016  (15h00), na sala de atos do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, em Braga, o filme “Deixem-me ao menos subir às palmeiras…” (1972), de Joaquim Lopes Barbosa.

76_mcpicarra_2

76_mcpicarra_5

 

 

 

Mosteiro São Martinho de Tibães: Visita guiada ao museu e cerca, aulas abertas e confraternização junto ao lago

6 de maio de 2016

Teve lugar no dia 6 de maio (14h30), uma visita guiada ao museu e à cerca do Mosteiro de São Martinho de Tibães, onde decorreram aulas abertas e uma confraternização junto ao lago. A iniciativa foi do Programa Doutoral em Estudos Culturais, a que estiveram associados o CECS, o Mosteiro de Tibães e os Mestrados Comunicação, Arte e Cultura e Património e Património e Turismo Cultural.

75_tib_975_tib_1

 

 

 

 

 

I Encontro de Cultura Visual – A partilha do visível: políticas do olhar

11 de novembro de 2015

Teve lugar no dia 11 de novembro ‘I Encontro de Cultura Visual – A partilha do visível: políticas do olhar’, na Universidade de Coimbra (Casa das Caldeiras), e foi organizado pelo Grupo de Trabalho de Cultura Visual da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM). Aproveitou-se a realização do IX Congresso da SOPCOM, na Universidade de Coimbra (12, 13 e 14 de novembro) para reunir os investigadores da área dos estudos da imagem.

 69_gt_cult_visual_669_gt_cult_visual_1

 

 

 

I Escola de Verão em Género e Sexualidades

7 a 9 de julho de 2015

Organizado pelo Grupo de Trabalho de Género e Sexualidades da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (GT-G&Ss/SOPCOM) e pelo Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS), a I Escola de Verão em Género e Sexualidades, que decorreu entre 7 e 9 de julho, visou promover a formação interdisciplinar nos campos do género e das sexualidades, na comunicação, nos média e na cultura.

66_genero166_genero5

 

 

 

 

Projeção de ‘A respeito da violência’ (2014), Goran Olsson

16 de junho de 2015

Assinalando os 40 anos das independências das ex-colónias portuguesas em África, o Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, em parceria com o Programa Doutoral em Estudos Culturais (Universidades do Minho e Aveiro), apresentou, a 16 de junho, às 16h00, no Auditório Multimédia do Instituto de Educação, ‘A respeito da violência’ (2014), de Goran Olsson.
65_picarra165_picarra5

 

 

 

 

Sessão com Diana Andringa, autora do filme “Dundo, Memória Colonial”

6 de janeiro de 2012

Numa organização conjunta do Departamento de Ciências da Comunicação e do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, em parceria com os cursos de Doutoramento em Ciências da Comunicação e em Estudos Culturais (UMinho) e com o projecto “Narrativas Identitárias e Memória Social” (CECS-FCT), realizou-se na Universidade do Minho, no dia 6 de janeiro de 2012 (14h30), uma sessão com a presença de Diana Andringa, realizadora do documentário “Dundo, Memória Colonial”.

diana_2diana_1

 

 

 

 

Aula aberta sobre “Racismo e Políticas de Ação Afirmativa no Brasil: Questões de cor e de classe”

4 de janeiro de 2012

Numa organização conjunta do Departamento de Ciências da Comunicação e do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS/ICS – Universidade do Minho), em parceria com o projecto de investigação “Narrativas Identitárias e Memória Social” (FCT-CECS), realizou-se na Universidade do Minho, no dia 4 de janeiro de 2012 (10h00), na Sala de Atos do ICS, uma Aula Aberta sobre “Racismo e Políticas de Ação Afirmativa no Brasil: Questões de cor e de classe”, com o Professor Marcus Eugênio Oliveira Lima, da Universidade Federal de Sergipe, Brasil.