Observatório de Políticas Culturais e Artísticas – CultArt Obs

O Observatório de Políticas Culturais e Artísticas – CultArt Obs – surge, no ano de 2016, enquadrado no projeto estratégico do CECS-UM.

O CultArt Obs visa, através da realização de investigação orientada para a intervenção social e para o desenvolvimento das comunidades, contribuir, à sua escala, para a implementação em Portugal de uma política cultural, enquadrada internacionalmente, que seja fruto de uma rede de políticas culturais públicas e privadas que, articuladamente, desenvolva um conjunto de medidas setoriais para atingir o objetivo, tão aparentemente simples, de contribuir para o desenvolvimento integral da pessoa humana e das comunidades.

Uma análise sobre alguns dos estudos que se têm debruçado sobre as relações, os objetos e os sujeitos envolvidos na definição e implementação, desde o 2º quartel do século XX, de políticas para o setor cultural em Portugal, permite perceber que é indiscutível que o desenvolvimento cultural conquistado em mais de quarenta anos de democracia é francamente superior ao potenciado pelos mais de quarenta anos de ditadura e que todos, setor público e setor privado, têm uma cota parte de responsabilidade na transformação cultural positiva operada em Portugal desde 1974. No entanto, a mesma análise, também permite concluir que ainda há muito por fazer para que se possa afirmar que Portugal tem uma política cultural coerente, consistente e consequente.

Com o CultArt Obs pretende-se:

1) Apoiar o desenvolvimento de projetos de investigação multidisciplinares, interdisciplinares e transdisciplinares que contribuam para a atualização do quadro teórico sobre temáticas relacionadas com a cultura e com as políticas culturais;

2) Promover, através da realização de projetos desenvolvidos fruto da colaboração entre entidades e organismos, públicos e privados, da academia e do setor cultural, a transferência de conhecimento científico para a comunidade;

3) Difundir a produção científica realizada por instituições de referência no âmbito da cultura e das políticas culturais, com especial enfoque os espaços europeu, lusófono e ibero-americano;

4) Incentivar a participação dos investigadores associados do CultArt Obs em redes de partilha de conhecimento científico produzido, nacional e internacionalmente, sobre Políticas Culturais.

A investigação do CultArt Obs desenvolve-se em cinco eixos principais:

1) Comunicação Cultural;

2) Redes e Cooperação: Descentralização e Internacionalização;

3) Património Cultural: Preservação e Valorização;

4) Criação e Programação Cultural;

5) Fruição Cultural e Públicos da Cultura.

 

Para mais informações consultar: https://culturalcooperationnetworks.wordpress.com/